quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

As Janeiras

Não sou especialmente versado no tema das Janeiras. Sei que serão cantadas, principalmente nas Beiras e norte do país, do Natal até ao dia de Reis. Grupos de amigos, folgazões, vão de porta em porta tocando e cantando versos cujo maior interesse é o de obter das pessoa a quem os dedicam a benesse de algo para comer ou beber. Os versos serão de agradecimento e louvor a quem abrir os "cordões à bolsa" e de zombaria a quem for "unhas de fome". Nada de novo, pois sempre foi e há-de ser assim!

Como meu contributo, aqui deixo uns versos retirados do livro, de Viale Moutinho, "Coisas do Arco da Velha":

Estas casas são mui altas,
forradinhas d'alegria,
viva lá quem nelas passeia
qu'é a senhora Maria!

Viva lá, senhor António,
onde põe o seu chapéu,
no meio da sua sala
parece um anjo do céu!

Viva lá, sor'Mariquinhas,
raminho de salsa pura,
debaixo da sua cama,
põe-se o Sol e nasce a Lua.

Viva lá o senhor Miguel,
fita preta em seu capote,
quando sai para a igreja,
parece a estrela do Norte.

As esmolas que nos deis
não penseis que as comemos;
elas são pra dizer missas
pelas almas que nós lá temos.

Levante-se daí senhora
do seu banquinho de prata,
venha-nos dar a janeira
que está um frio que mata.

A senhora que se demora,
alguma coisa nos quer dar:
ou o chouriço é grosso
ou a faca não quer cortar.

Faça-lhe gerrum-fum-fum
nas beiças do alguidar.

Mas, se os da casa não dão:

Serrão! serrão!
As casas lhe caiam ao chão!

Esta casa cheira a unto,
aqui mora algum defunto!

Esta casa cheira a breu,
aqui mora algum judeu!

Estes Reis aqui cantamos,
tornamo-los a descantar,
estes barbas de farelo
não têm nada pra nos dar.

Só têm uma arquinha velha
onde o gato vai mijar!


E, assim, se vai cumprindo uma tradição! Que seja por muitos anos!


Entretanto aproveito para informar, conforme indicado na barra lateral, que o blogue "Aldeia da minha vida", promove este mês uma Blogagem Colectiva sobre o tema das Janeiras.
Aos interessados, é só dirigirem-se a aldeiadaminhavida.blogspot.com, bastando clicar no selo.

1 comentário:

  1. Gostaria de informar os leitores sobre um projecto relacionado com as localidades de Portugal. Trata-se de uma Enciclopédia on-line, escrita em colaboração pelos seus leitores. O site, que se intitula Memória Portuguesa, usa o conceito Wiki, que permite a qualquer pessoa criar ou editar artigos existentes, melhorando a informação neles contida.

    Além disso, é possível introduzir comentários em cada artigo, promovendo assim o debate entre os utilizadores.

    http://terrasdeportugal.wikidot.com

    É dada especial relevância às memórias dos cidadãos, para que sejam preservadas tradições antigas, recordações de infância, ofícios, cantares, folclore e outras manifestações culturais.
    Assim, seria bom contar com o vosso apoio, permitindo usar eventual informação pertinente e sugerir que divulguem esta iniciativa junto dos familiares, amigos e conterrâneos da vossa localidade. Será que poderiam incluir um link para a enciclopédia no vosso site ou blog?

    Ficaremos a aguardar a vossa visita!

    Cumprimentos,

    Wikinet
    www.memoriaportuguesa.com

    ResponderEliminar