sábado, 8 de fevereiro de 2014

Eu e... os Concursos, ou as "Minhas habilidades" ! ( 2 )

Passaram largos anos e terminada a minha vida académica, o acaso trouxe ao meu conhecimento o “mundo dos logotipos”. Estávamos no ano de 1972 e apareceu no Estaleiro o anúncio da abertura dum concurso, entre os funcionários da empresa, para a elaboração dum logotipo para a recém formada “Gaslimpo”, assinalando o seu 5º aniversário. Achei que podia entrar no “jogo” e meti mãos à obra. Saí-me bem. Primeiro prémio e uma Menção Honrosa!

Quase de seguida abriram um concurso para o logotipo da “Setenave” e, embalado com o sucesso, concorri. O sucesso foi total. 1º, 2º e 3º prémio! Foi o pódio completo!

Convenci-me que tinha algum jeito para estas coisas e concorri a mais alguns, uma vez que à época, 1973, havia bastantes empresas à procura de um logotipo que as identificasse. Foram os casos do “Amoníaco Português” e “Petrosul”.


Também nesse ano, no âmbito do III Congresso Nacional de Acidentes de Trabalho e Doenças Profissionais que se realizaria em Maio de 1974, o Gabinete de Higiene e Segurança no Trabalho abriu o I Concurso Nacional de Cartazes de Prevenção. Lá fui eu e um pouco inesperadamente, pelo menos para mim, atribuíram-me o 1º prémio. Recebi o prémio monetário e um troféu. O cartaz nunca foi impresso pois o 25 de Abril aconteceu e o cartaz ficou ... na gaveta! Penso que também o Congresso, por motivos óbvios, não se realizou.



Só mais tarde, em 1976, para a RDP e em 1986 para a “Pestox”, tentei a sorte. Destes apenas me ficou a experiência e a satisfação do dever cumprido.





No entanto, em 1980, dentro do grupo Lisnave foi aberto concurso para o logotipo do estaleiro da “Cabnave”que se estava a construir em S. Vicente, Cabo Verde. Fui contemplado com o 2º prémio e, como previsto, foi esse logotipo adaptado à empresa “Cabmar”.
  
A partir daqui, talvez já de créditos firmados, passei a ser convidado a elaborar os logotipos de várias empresas associadas, tais como: "ACIT"; "Evenco"; "Cisalis"; “Navelink/DeWall”; “Estalnave”  Estaleiros Navais do Lobito”; “Guinave” Estaleiros Navais da Guiné – Bissau; “Enave” Estaleiros Navais de Luanda; “Navalis” Projectos Industriais, Lda. ; “Lisnave Internacional”; “WISL/NAVE” Western India Shipyard, Mormugão.
















Em 1988/89, fazendo parte da Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola Francisco de Arruda, coube-me, como não podia deixar de ser, elaborar um novo logotipo.


E outros logotipos houve que não estão aqui representados. Alguns por já não ter os originais, nem cópia, e outros porque por variadas razões ficaram na gaveta!
Mas foi assim que, nesta área de “habilidades”, terminou  a aventura. Outras áreas me esperavam!

(continua)


2 comentários:

  1. Por tudo isto só posso dizer: Parabéns, João.
    E, pelos vistos, ainda não acabou. Fico à espera.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Lourdes!

      Efectivamente, como pode ver, ainda não acabou e espero que não acabe tão breve...
      No fundo todos temos alguma coisa de nosso para mostrar. Uns mais, outros menos mas idêntico no seu valor pois são o resultado de trabalho, muito, mas que não custa porque é feito com gosto. O essencial nestas coisas e também noutras é que tudo isto representa esforço e trabalho. Porventura os predestinados, esforçar-se-ão menos. Talvez! No entanto faz bem olhar para trás e ver o rasto que vamos deixando. Não há dinheiro que pague...

      Bem haja pelas suas palavras
      Abraço e bjs.

      João Celorico

      Eliminar